Criar um espaço de desdobramento dos saberes e fazeres artesanais, estabelecendo diálogos com as práticas das manifestações culturais que envolvem a dança, música, artes manuais, cenografia e figurino.

Este centro é responsável pelas atividades relacionadas aos fazeres manuais: artesanias, indumentárias, figurinos e cenários da Cultura Brasileira. As atividades acontecem em diálogo com as linguagens expressivas praticadas no projeto, com a comunidade da Aldeia de Carapicuíba e outras comunidades, valorizando os seus saberes. 

O contato com os fazeres manuais da tradição brasileira possibilita o reconhecimento da identidade e da diversidade das nossas principais matrizes culturais: indígena, africana e ibérica, que são estudadas e experimentadas na Oca com todas as suas cores, texturas, formas e movimentos. Este centro contribui para o desenvolvimento de um senso crítico e estético elaborados a partir do universo simbólico pessoal e coletivo do povo brasileiro e sua cultura.

Abriga também o coletivo “Rendeiras da Aldeia” que nasceu em 2006 a partir da alfabetização de mulheres da comunidade. O coletivo mantém viva a tradição da renda renascença, que as conecta com a ancestralidade guardada no fazer da renda, que corresponde a uma das mais belas tradições manuais brasileiras.

Atividades

  • Artes plásticas

  • Fazeres manuais brasileiros

  • Grupo de formação de artesãs

  • Concepção e criação de cenários

  • Concepção, criação e manutenção de figurinos

  • Criação de um polo de economia criativa no município de Carapicuíba

  • Pesquisas e intercâmbios com outras comunidades de artesãs e artesãos

Apoie este Centro de Ações!

Centro de Figurino e Indumentária