Apoie os projetos da Oca!

PassosEmExpansao.jpg

Passos em Expansão, a Oca na Comunidade

O objetivo do projeto “Passos em expansão, a Oca na Comunidade” é expandir as atividades oferecidas ao público da Oca Escola Cultural para outros espaços educativos, propondo não só aumentar a quantidade e a variedade de frentes de atuação, como ampliar o alcance do trabalho e dos conteúdos desenvolvidos.

Este projeto contempla atividades de brincadeira, dança, música, artes plásticas, marcenaria, formação de educadores e produção de conteúdos relacionados, promovendo o desenvolvimento físico e socioemocional de crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos da comunidade da Aldeia de Carapicuíba. Acontece em parceria com as escolas públicas Estaduais Esmeralda Becker Freire de Carvalho e Professor Adalberto Mecca Sampaio, atendendo os bairros Jardim Colonial, Jardim Marilu, Jardim Lice, Jardim Leonor, Vila Helena, Parque Santa Tereza e Chácara Quiriri, localidades que apresentam poucos equipamentos culturais e de lazer.

 

O projeto Passos em Expansão foi contemplado pelo Edital de Chamamento Público nº 004/CMDCA 2019.

Apoie este projeto!

Projetos da Oca

Formação de Jovens e Biblioteca

Este projeto tem o objetivo de garantir a adolescentes e jovens da Comunidade da Aldeia de Carapicuíba uma formação continuada, capacitando-os para dominar uma reflexão consistente sobre a cultura brasileira, impulsionando-os a buscarem seus campos de atuação e inserção social seja no mercado de trabalho ou na ampliação dos estudos. Essa formação é realizada pelo Centros de Formação da Oca e tem como eixo a Biblioteca Maria Helena Mardegan Scabelo, que abriga e expande as atividades formativas.

O público-alvo do projeto é composto por adolescentes e jovens entre 12 e 18 anos atendidos pela Oca e alunos da Escola Estadual Esmeralda Becker Freire de Carvalho, que há 26 anos é uma de nossas principais parceiras. 

 

Esse projeto foi contemplado pelo Edital de Chamamento Público nº 001/CMDCA 2019.

Apoie este projeto!

Ciclo de festas

Os Ciclos de Festas marcam o calendário de atividades e ações da Oca Escola Cultural. Eles delineiam as temáticas e processos do trabalho ao longo de cada ano, constroem o diálogo entre as várias linguagens artísticas, fortalecendo e valorizando a cultura brasileira e cultura da infância, eixos principais do trabalho.

Cores, técnicas, sabores, movimentações e gestos perpassam o ano como caminhos de aprendizado na construção das festas e ritos do ciclo carnavalesco, indígena, junino, da consciência negra e natalino, onde música, dança, poesia, literatura, cinema, fotografia, culinária, fazeres manuais, cenários e figurinos dão o tom dos aprendizados a serem feitos.

Veja mais: https://tinyurl.com/CICLOJUNINO (Ciclo Junino 2020)

https://www.youtube.com/watch?v=UQMhCgxYukM (Rumo aos 300 tambores 2020)

https://youtu.be/-RcFINOgyXM (Ciclo natalino 2020)

Apoie este projeto!

Ciclo_festas.jpg

Grupo Mirim de Contadores de Histórias

O Grupo Mirim de contadores de histórias faz parte do trabalho de cultivo e valorização da literatura oral brasileira, integrado ao programa de incentivo à leitura do Centro de Formação. Nasceu a partir de práticas diárias de narração e da escuta das histórias transmitidas pelas crianças e comunidade. Há duas décadas este grupo, que se renova a cada ano, forma novos contadores e integra a programação do “Boca do Céu – Encontro Internacional de Contadores de Histórias”. Além da pesquisa e estudos sobre a literatura oral brasileira pautados nas mais importantes referências bibliográficas, são realizadas pesquisas da tradição oral de várias gerações da comunidade da Aldeia de Carapicuíba.

Veja mais: https://youtu.be/JpP36LICBNo

http://bocadoceu.com.br/oca-escola-cultural/

https://goo.gl/CR9M5N

https://goo.gl/AB7BKM

Apoie este projeto!

Grupo_mirim.png

SICOLOMI: Um Diálogo Entre a Cultura Brasileira e a Cultura da Infância

Em 2019, o Itaú Cultural homenageou Lydia Hortélio com uma exposição retratando sua extensa pesquisa e dedicação à cultura infantil e Música da Infância no Brasil. Levando em consideração a estreita relação da Oca com Lydia, grande responsável e colaboradora na concepção e implantação do seu Centro de Cultura Infantil, fomos convidados para compor as programações de abertura da exposição.


Para tal concebemos junto com Lydia “Sicolomi”, performance artística construída a partir do diálogo entre brincadeira, música e dança, pautada no repertório registrado nas últimas cinco décadas por Lydia Hortélio, Adelson Murta (Adelsin) e Lucilene Silva. Sicolomi traz a linguagem do corpo e do movimento presentes na cultura infantil, representadas no tempo e no espaço por um repertório de muitas gerações e lugares que simbolizam a criança brasileira de todos os tempos.

Veja mais: https://youtu.be/3wC9COEvspE

Apoie este projeto!

Sicolomi.jpg

DE REPENTE: Um Diálogo Entre a Cultura Brasileira e a Cultura da Infância no formato digital

A Oca tem um histórico de realização de diversos espetáculos pautados na Cultura Brasileira e Cultura da Infância. Em 2021, mesmo diante da pandemia os processos criativos não cessaram, concebemos o espetáculo “De Repente”, construído a partir do diálogo entre a poética da palavra, dos gestos, da música, da dança e das brincadeiras da infância. Esta performance foi baseada na estrutura das quadras populares, das adivinhas e trava línguas e no repertório dos jogos gráficos representados pelo quadrado, como forma de ocupação do espaço, “De Repente” conta a história de corpos e vozes que se permitem experimentar, desafiar, brincar e improvisar com aquilo que foi reinventado um dia.

De repente foi composto principalmente por um repertório da oralidade de D. Ana Reis, uma avó da comunidade da Aldeia de Carapicuíba, natural de Serrinha - BA, que trouxe deste sertão a arte da palavra, o que foi compartilhado com os nossos alunos através das telas e que nos inspirou e incentivou a continuar brincando durante a pandemia.

Este espetáculo fez parte da programação do Festival Virtual “Corpo Palavra”, realizado pelo MAM. Na programação constou também a performance “Sicolomi”.

Veja mais: https://www.youtube.com/watch?v=V2lFDgUXv4g&t=1557s

Apoie este projeto!

De_Repente.jpg

Formação de Jovens Educadores

Projeto continuado de Formação de adolescentes e jovens e Encontros Anuais de Formação

O espaço de formação de educadores e jovens é um lugar de aprofundamento e de partilha das experiências e repertórios vivenciados e registrados na Oca. Tem como objetivo principal garantir a adolescentes e jovens uma formação continuada capacitando-os para dominarem uma reflexão consistente sobre a cultura brasileira e impulsioná-los a buscarem seu campo de atuação e inserção social seja no mercado de trabalho ou na ampliação dos estudos. A atuação com educadores visa compartilhar as experiências e pesquisas realizadas através das ações da Oca a partir dos seus seis pilares, em diálogo com projetos inovadores de educação e cultura.

Veja mais: https://youtu.be/8EbupwrTPw8

Apoie este projeto!

Formacao_jovens_educadores.jpg

Oca em Casa

A Oca durante o período de isolamento social na pandemia Covid-19, manteve um cronograma de atividades virtuais, buscando as melhores formas de permanecer perto dos alunos e famílias, de atendê-los, compartilhar conteúdos, refletir sobre o momento e sobre a oportunidade de aproveitá-lo das melhores formas. Na expectativa de dar subsídio para garantir o bem-estar de todos, realizou também campanhas de arrecadação de computadores e celulares, promovendo a inclusão digital.

 

Assim como o resto do mundo, nos aproximamos das diversas ferramentas tecnológicas disponíveis e tornamos o ambiente virtual a nossa casa temporária. Mesmo com o controle da pandemia, esse espaço virtual permanece e continua sendo mais uma de nossas ferramentas de trabalho.

Veja mais: https://youtu.be/hnEQZKJ9KBU

Apoie este projeto!

Oca_em_casa.png

 A ALDEIA NO VALE: Intercâmbio com o Vale do Jequitinhonha

Implementado em 2015, o projeto conta com o apoio do Instituto C&A e a parceria da AJENAI, AMAI e ACHANTI. Corresponde a um diálogo entre o grupo de mães da Oca Escola Cultural, as “Rendeiras da Aldeia”, com grupos de artesãs do Vale do Jequitinhonha, “Mulheres do Jequitinhonha”. Este projeto visa o fortalecimento e valorização desses grupos de mulheres, bem como a troca de saberes da tradição manual, o que é estendido para outras gerações. O projeto foi concebido e produzido por Viviane Fortes, grande parceira da Oca, coordenadora do projeto “Mulheres do Jequitinhonha”.

Veja mais: https://goo.gl/yFfX78

https://goo.gl/SrsKKw

https://goo.gl/4Shd73

Apoie este projeto!

Intercambio_vale.jpg

Quarentena Solidária

Durante a pandemia, a Oca Escola Cultural mobilizou a campanha "Quarentena Solidária", que realizou um diagnóstico da comunidade e mobilizou sua rede para atender as famílias em situação de vulnerabilidade, que foi ampliada  pelo Covid-19.

 

Esta campanha possibilitou a distribuição de mais de 51.000 itens entre cestas básicas, cestas de café da manhã, cestas de produtos orgânicos, kits de higiene, kits de proteção Covid-19 e roupas, beneficiando um total de 3.281 famílias de forma recorrente ao longo de 2020, 2021 e 2022. 

 

Além das instituições parceiras e amigos, a equipe da Oca, seus familiares e membros da sociedade civil, doaram seu tempo para fazer acontecer esta campanha.

Veja mais: https://www.youtube.com/watch?v=Rznz_cEuAYA&t=98s

Apoie este projeto!

Quarentena Solidaria.jpg

Oca em Rede

O Oca em Rede corresponde à conexão da Oca com diversas organizações, sejam elas da sociedade civil, poder público, instituições privadas, escolas e pontos de culturas. São diálogos e trocas que fortalecem e apoiam as comunidades e as políticas públicas para a cultura, educação e assistência Social.

Como exemplo citamos o diálogo com a Atados e voluntários da Timberland Brasil realizado em 2018, que possibilitou a implementação da marcenaria, lugar que dá vida às aulas de artes, cursos para educadores e também o lugar onde criamos nossos cenários para festas e eventos.

Veja mais: https://goo.gl/bx2j1V

Apoie este projeto!

Oca em Rede.jpg
almanaque.jpg

A Oca na Comunidade

Baque Livre

O Maracatu Baque Livre é formado por pais de alunos e amigos da Escola Estadual Amorim Lima, localizada no bairro do Butantã-SP, e é conduzido pelo mestre e educador da Oca Jorge Fofão. Este trabalho confirma e fortalece a parceria entre a Oca Escola Cultural e a rede pública de ensino. Além deste trabalho, Jorge Fofão, juntamente com Blec Paulo e Kelly Silva, outros educadores da Oca, compõe a "Turma do Passo".

Veja mais: https://www.youtube.com/watch?v=AXdEqnqJRz8

Passos em Expansão - Compartilhamento de conteúdo - Almanaque

Durante o ano de 2020, para manter as nossas atividades em meio à pandemia, e garantir que as crianças continuassem tendo acesso a conteúdos de qualidade, criamos um Almanaque cheio de atividades, histórias e brincadeiras, que foi distribuído mensalmente entre os nossos alunos para brincarem em casa, junto com suas famílias. Este almanaque foi também compartilhado em nossas redes, com o objetivo de favorecer outras crianças e famílias.

Veja mais: bit.ly/almanaque-oca

Apoie este projeto!

Baque_livre.jpg
Lives.png

Lives

A trajetória da Oca e de sua equipe, composta por pesquisadores que circulam entre comunidades, mestres e academia, traz a possibilidade e interesse de participação em formações, trocas e compartilhamento de saberes.

O ano de 2020, marcado pela pandemia alargou o alcance da rede e ampliou as possibilidades de intercâmbios por meio dos encontros virtuais.

 

Veja mais:

https://www.facebook.com/ocaescolacultural/videos/140068211046144

https://www.facebook.com/ocaescolacultural/posts/3607887575935522

Apoie este projeto!

Produtos de Pesquisa

Balaio Brasil

Uma das prioridades da Oca é “levar a brincar”. O projeto “Balaio Brasil”, vem sendo pensado há muito tempo como uma forma de fazer com que os brinquedos tradicionais cheguem a mais crianças, o que inclui crianças das redes públicas de ensino.

 

Em 2020, num trabalho conjunto entre a marcenaria e o grupo de mães iniciamos este projeto compondo o primeiro kit que foi distribuído entre os alunos, incentivando-os a brincarem em casa, durante o longo período de isolamento social. Este kit chegou também a outras crianças compondo as recompensas do Dia de Doar.

 

Apoie este projeto!